CEF libera R$ 2 bi para custeio rural

A Caixa Econômica Federal possui a disposição dos produtores rurais R$ 2 bilhões, com juros de 6,5%. O montante é para todo o Brasil. O atraso na liberação de crédito para custeio para a safra 2015/2016 pode ameaçar a produção de soja. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) irá anunciar no dia 19 de maio o Plano Agrícola e Pecuário 2015/2016, também conhecido por Plano Safra.

A informação da disponibilidade de R$ 2 bilhões para custeio foi repassada pela gerente regional da Superintendência Regional Mato Grosso, Margareth Carminatti Seixas, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT). O montante é para todo o país, porém os recursos são remanejados para a região que primeiro solicitar”. A gerente regional da Superintendência Regional Mato Grosso ressalta que cada caso será avaliado individualmente sobre limite de crédito e garantias.

O coordenador da comissão de Política Agrícola da Aprosoja-MT, Adolfo Petry, informa que o produtor deve ter em mente a instabilidade econômica vivida pelo país. “É importante que o agricultor tenha isto em mente e se organize para buscar crédito a um custo compatível com a atividade rural nas instituições que estão fornecendo o dinheiro. Estamos em um momento de crédito escasso e encarecido, por isso é uma boa notícia o aporte da Caixa no setor rural”.

Em recente entrevista ao Agro Olhar o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado, comentou que a safra 2015/2016 de soja está ameaçada neste momento caso o crédito não seja divulgado e liberado pelo governo federal.

A Caixa Econômica Federal, além do crédito rural, anunciou estar operacionalizando o Empréstimo do Governo Federal (EGF), usado pelos produtores para a estocagem da produção.

Fonte – Agro Olhar.

Deixe uma resposta